periodo e duração


Setembro 2016 a janeiro 2017 (5 meses)

cliente


Projeto próprio

abrangência e localização


Morro d’Água Quente – Catas Altas (MG)

A Raízes Desenvolvimento Sustentável desenvolveu a pedido da Fundação Vale um projeto de geração de renda com mulheres do Morro d'Água Quente em Catas Altas - MG. O projeto teve 15 meses de duração, finalizando em setembro de 2015 e alcançando resultados superiores às expectativas.

Reconhecendo todo os benefícios que haviam surgido junto com o empreendimento coletivo co-criado, a Feira Gastronômica Sabores do Morro, e temendo que alguma perda pudesse vir a acontecer nessa "caminhada solo", a Raízes se propôs a co-criar com as mulheres quitandeiras um Festival em dezembro. Assim, através de micro patrocínios, sustentar o acompanhamento do trabalho, a formalização da Associação Sabores do Morro, o lançamento da Rota dos Sabores e o Calendário 2017 de feiras.

E assim foi feito! Com muita colaboração e recursos (mais humanos que financeiros), os objetivos foram alcançados!

Colaboraram:

- Vale

- Bohemia

- Pousada das Nascentes

- Fazenda Bom Sucesso

- Rancho do Pote

- Pizzaria Ponte Nova

- Primórdios da Cozinha Mineira

- Prefeitura de Catas Altas

- APROVART

- ACNASC

- Circuito do Ouro

- Oficina de Imagens

- Projeto Proteger é preciso

- ISES

- LokPalco

- Bob Drummond

- Casal Gastrô

- Chef Vani Pedrosa

- Chef Tuca Drumond

- Chef Silvania Guimarães

- Chef Lucila Egydio

- Chef Roberto do Vale

Geração de renda e impactos positivos intangíveis

Claro que ficamos orgulhosas de ver a geração de renda, com comunidade se empoderando e co-criando em prol de todos. Mas há certos impactos que nos deixam transbordadas de algria, que ultrapassam a ideia de um negócio próspero : o desenvolvimento humano.

 

A prova de força da Sabores do Morro

– 24 expositores;

– Compreensão de agregação de valor ao produto pelo mercado;

– Consciência da importância da Marca pelos produtores e comunidade;

– Três empresas locais apoiadoras: Rancho do Pote, Fazenda Bom Sucesso e Pousada das Nascentes;

– Parcerias institucionais estabelecidas: Prefeitura Municipal de Catas Altas, ACNASC, APROVART, Projeto Primórdios da Gastronomia Mineira, Associação da Terceira Idade, Paróquia da Igreja Bom Sucesso e Lok Palco.

 

Mais informações aqui.

Principais resultados


– Criação da Rota dos Sabores com a identificação de 14 casas de produtores para venda durante todo o ano;

– Criação do calendário de feiras mensais 2017 e divulgação em material impresso e digital;

– 02 dias de festival com cortejo de lançamento, workshops de culinária, shows e feira;

– Criação da Associação Sabores do Morro (estatuto, diretoria e bases para o regimento interno).

Etapas relacionadas

  • null

    Acompanhar

  • null

    Articular

  • null

    Realizar

Depoimentos

  • A melhor parte do resultado desse projeto muito bem realizado pela “Raízes – Desenvolvimento Sustentável”- e abraçado com suor e fé pelos participantes – eu deixei para o final: o benefício gerado para as pessoas da comunidade, sobretudo as mulheres. Todo trabalho lá realizado e o sucesso da feira Sabores do Morro foram capazes de dar uma reviravolta positiva na vida de muitas pessoas. Problemas familiares, financeiros, de saúde e até de autoestima puderam ser curados através da gastronomia, o que me foi confidenciado pelas próprias produtoras da feira. Além dos sorrisos estampados pelas melhorias de vida já conquistadas, me encantei com os brilhos nos olhos ao falarem do futuro e das perspectivas, isso em pleno período de crise em que vivemos. Sim, a gastronomia salva vidas.

    Cláudio Ruas – Chef convidado
  • “A feira mudou positivamente a minha vida e a vida da comunidade. É uma oportunidade de uma renda a mais além de levantar a autoestima, a alegria e nos fazer ter esperança e confiança em um futuro melhor.”

    Maria de Lourdes Amâncio
  • “Mudou minha autoestima. Fiquei mais segura. Hoje tenho consciência de que o que eu faço é bom. Não que antes não fosse. Mas as pessoas que vem e compram meu produto sempre voltam e me procuram. As pessoas que estiveram à frente do projeto nos valorizam e isso é muito gratificante. Fiquei mais confiante!”

    Preta
  • “Antes: tinha menos conhecimento, faltavam oportunidades. Tinha vontade de participar de algo novo no Morro. E aconteceu a Feira! Ganhei grandes amizades, a auto estima melhorou.

    Venho aprendendo coisas novas a cada dia!”

    Petinha
  • “Antes: Não tínhamos muita noção do que queríamos. Faltava instrução. Era difícil saber por onde começar.

    Depois Ganhamos mais confiança nas vendas nos negócios, nos produtos. Auto estima!

    Passamos a atender encomendas dos pontos de comercio, estamos aprendendo a negociar, vender bem e ganhar espaço n mercado.”

    Nayara e Cristiano

Vídeos