O projeto tem como objetivo cocriar com a comunidade de Morro D’Água Quente uma
oportunidade coletiva de geração de renda […]

periodo e duração


Junho 2015 a Setembro 2016 (15 meses)

cliente


Fundação VALE

abrangência e localização


Catas Altas – MG

municípios visitados


  • Morro D’Água Quente – Catas Altas (MG)

O projeto de Geração de Renda no Morro d'Água Quente, no distrito de Catas Altas-MG, faz parte das ações estratégicas de desenvolvimento local do Plano de Investimento Social da Vale. O foco dele está na população de baixa renda e nas mulheres da região.

O objetivo do projeto, realizado pela Raízes Desenvolvimento Social, foi co-criar com a comunidade uma oportunidade de geração de renda. O intuito era aumentar as possibilidades da gastronomia local, valorizar os produtos típicos e estimular a economia criativa. Com isso foi possível atender à demanda potencial da comunidade, os turistas e empreendimentos instalados em toda região.

Mapeamento dos atores, seleção dentre os interessados, a qualificação técnica e em gestão para criação de resultados coletivos foram algumas ações previstas no projeto. Além disso, ações de inspiração foram realizadas com os empreendedores, visando o desenvolvimento social e humano.

Esse projeto previa algumas articulações para criar uma rede empresarial em Catas Altas, juntamente com empreendedores do Morro d'Água Quente. A missão foi suportar os resultados gerados e integrá-los à cadeia produtiva do turismo e no comércio regional.

Dentro desta proposta foi criada, de forma coletiva e com participação da comunidade, a feira gastronômica “Sabores do Morro”. Hoje, com mais de 10 edições, ela fez dos quitutes e as tradicionais quitandas mineiras verdadeiros atrativos para os turistas.

Onde tudo aconteceu

O histórico e bucólico distrito de Morro d’Água Quente, que possui em seu entorno três Minas em atuação, conta atualmente com 709 habitantes. Os dados do IBGE mostram uma população equilibrada por gênero e renda segmentada. 84% ganham entre 0,5 e 2 salários mínimos e 8,6% da população economicamente ativa ganham até 0,5 salário mínimo.

Inserida na região da Estrada Real e aos pés do Santuário do Caraça, a comunidade mantém alguns belos exemplos do período colonial mineiro. Também é o local de origem do famoso vinho de jabuticaba, que identifica o município.

 

Principais resultados


  • Mapeamento de 25 produtores de produtos alimentícios
  • Co-criação de um empreendimento coletivo: Feira Sabores do Morro
  • 10 Edições da Feira Sabores do Morro
  • Uma logomarca criada e fortalecida
  • 01 página no facebook
  • 10 Atividades de qualificação: palestras, oficinas, seções de cinema
  • 15 reuniões de qualificação do produto
  • 02 viagens de inspiração (BH/Feira Aproxima, Santuário do Caraça)
  • Inserção do grupo no Projeto Primordios da Cozinha Mineira Entre Serra – Da Piedade ao Caraça/ SENAC
  • Participação em eventos externos em Catas Altas, Santa Barbara e Belo Horizonte: Carnaval, Saint Patrick, Caraça Bier Fest, Festa do Vinho
  • Catas Altas II Seminário Primordios da Cozinha Mineira
  • Santa Barbara Seminário de Compras Governamentais
  • Santa Barbara Feirinha APROXIMA – 2 edições
  • Novos produtos criados
  • Aumento da renda gerada com a comercialização dos produtos
  • 01 empreendimento formalizado (sorveteria) e 01 fortalecido (pizzaria)
  • 03 empregos gerados
  • Cultura empreendedora ativada
  • Mapeamento de novos empreendedores
  • Melhoria da qualidade de vida
  • Aumento da auto estima
  • Parceiros institucionais e apoiadores:
  • Prefeitura Municipal de Catas Altas/Secretaria de Turismo e Cultura
  • ACNASC –Associação Comunitária Nascentes e Afluentes da Serra do Caraça
  • APROVART – Associação dos Produtores de Vinho, Agricultores Familiares e Outros Produtos Artesanais de Catas Altas
  • Paróquia Nosso Senhor do Bonfim
  • Circuito Turístico do Ouro – Entre Serras
  • SENAC MG – Projeto Primórdios da Cozinha Mineira
  • Restaurante Rancho do Pote
  • Fazenda Bom Sucesso
  • LokPalco
  • Pousada das Nascentes

O projeto de geração de renda com a Fundação Vale se encerrou em setembro de 2016. A fim de “arrematar” o projeto e garantir a permanência dos resultados a Raízes Desenvolvimento Sustentável propôs e organizou e custeou (com ajuda de parceiros) o I Festival Gastronômico Sabores do Morro para celebrar um ano da feira, lançar o calendário 2017 e a Rota dos Sabores.

Etapas relacionadas

  • null

    Articular

  • null

    Cocriar

  • null

    Conhecer

  • null

    Inspirar

  • null

    Realizar

Depoimentos

Vídeos

Links externos

  • :