Onde foi parar a solidariedade?

Entre todos os países da América Latina, o Brasil está em último lugar no ranking de solidariedade. Esses são dados do World Giving Index, medidos pela Charities Aid Foundation (CAF), com sede no Reino Unido e que no Brasil é representada pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS). Especialistas acreditam que esse comportamento…

Veja mais

Meio ambiente: áreas protegidas estimulam a economia e geram lucro, sim, senhor!

“Gigante pela própria natureza”, assim é o Brasil literalmente. Ele figura entre os países megadiversos, um grupo que abriga a maioria das espécies do planeta e é, portanto, considerado extremamente biodiverso. Mas o que, afinal, garante que ele continue sendo assim? Hoje o governo brasileiro protege essas áreas por meio de Unidades de Conservação (UC). Essa estratégia é extremamente eficaz para…

Veja mais

Como o associativismo contribuiu pro maior festival de bike da América Latina

O associativismo é uma das principais formas de materialização de uma premissa básica para nós aqui na Raízes: a de que as soluções coletivas são mais resilientes que as individuais. Isso porque acreditamos na força da união para fazer a diferença. E considerando que associativismo é a tendência ou movimento dos trabalhadores de se congregarem em associações representativas, órgãos de classe, sindicatos etc. para a defesa…

Veja mais

AirBnB: mocinho ou vilão para o turismo e a transformação digital?

“Turismo e transformação digital” é o tema do Dia Mundial do Turismo deste ano definido pela ONU. Os avanços digitais estão transformando a forma como nos conectamos e nos informamos, transformando nosso comportamento e incentivando a inovação e estratégias de crescimento sustentáveis ​​e responsáveis.  Por isso, devemos também entender os crescentes impactos econômicos, sociais e ambientais da tecnologia e…

Veja mais

Fome no mundo aumentou. O que o Brasil pode fazer?

Um relatório recém divulgado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (Food and Agriculture Organization of the United Nations) indica que, infelizmente, a fome no mundo ainda está longe de ser uma realidade extinta. O número de pessoas subnutridas no mundo tem crescido desde 2014, chegando a 821 milhões em 2017.…

Veja mais